EMEF Monte Cristo ao resgate!

Um trabalho excepcional com a leitura. Foi assim que o jovem que realizou o meu translado do Trensurb até a EMEF Monte Cristo definiu o que acontece na escola. E não apenas por ouvir falar: o Douglas foi aluno da escola, então sabe muito bem do que está falando. Está falando de entusiasmo, simpatia, energia e respeito ao aluno, ao leitor, ao escritor e ao livro. Está falando de transformação. De paixão, enfim.

E tudo isso, de fato, a gente encontrou ao chegar na escola. A tarde estava cheia de sol e calor, e soprava uma brisa leve, que amenizava a temperatura. A garotada, animada, me esperava com atenção, alegria e muitas perguntas. Aos poucos fui descobrindo o que eles leram: livros como Um rio pelo meioA História do Rubi Ragank.  A escola tem, ligado à Biblioteca Erico Veríssimo, um Clube de Leitura, com leitores vorazes, com quem falei sobre a produção de Fantasia nacional, comentando sobre autores como Christopher Kastensmidt e Felipe Castilhos (a garotada adorou vocês e o trabalho de vocês, guris). Mas houve mais uma surpresa, essa sim, muito especial: a Monte Cristo realizou uma pesquisa pela rede e encontrou um velho site de contos (www.porteiracontos.blogspot.com), e com isso resgatou velhas histórias, voltadas para diferentes públicos e algumas das quais eu nem lembrava, como “Sir Humbert e o dragão“. Fiquei muito emocionada, porque me senti “lida”, de fato. Foi muito legal encontrar com gente que faz do programa que me levou até a escola – o Lendo pra valer, da Câmara Riograndense do Livro – uma realidade palpável. Me senti um peixe dentro da água: em casa, mesmo!

Simone Saueressig

Este espaço abriga o trabalho literário da escritora gaúcha Simone Saueressig. Aqui você encontra informações sobre seus livros e bibliografia além de informações sobre o ciclo da Terra da Magia, ou seja: A noite da grande magia branca, A Fortaleza de Cristal e aurum Domini - O ouro das Missões.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *