Dobra gaudéria

Com Dré Santos (de camiseta negra, no centro) e o pessoal da palestra Fanthum – Ficção Especulativa em Debate

Faz mais um menos um mês, Dré Santos entrou em contato comigo e me convidou para falar para a turma de Escrita Criativa da PUC de Porto Alegre, dentro do evento Fanthum – Ficção Especulativa em Debate, organizado pelo grupo dele. O encontro, então, aconteceu no último dia 02.

Fiquei muito feliz com o convite e confesso que bastante nervosa. E também entusiasmada, já que tive a oportunidade de abordar este gênero que está no início do meu trabalho como escritora. De fato, é incrivelmente prazeroso olhar para trás e perceber que apesar dos percalços burocráticos, desinteresse de algumas casas editoriais e do muitos chororó e resmungos (de minha parte), a produção de Ficção Especulativa andou muito nestas últimas duas décadas. Em certa medida, graças aos escritores que não desistiram, aos pesquisadores que sempre acreditaram e na revolução proporcionada pela Internet, que permite que a gente se encontre virtualmente e troque experiências, farpas e figurinhas. É verdade que nos faz falta ler mais uns aos outros. Mas, pelo menos agora, temos o que mostrar, coisa que antes ficava só no terreno da imaginação.

Foi um final de tarde muito bom, e me senti super-valorizada, não apenas pelo convite do Dré e a presença dos alunos, como pela presença de Bern

ardo Bueno, coordenador do curso, e que foi meu professor no Curso de Escrita Criativa – modalidade a distância, que fiz em 2016, também pela PUC. E pela presença especial,inestimável e irretocável do grande amigo e escritor Gustavo Melo Czekster. Não sei se existe a expressão “fã mútuo”, mas é o que somos um do outro!

Com Gustavo Melo Czeskter

 

Com Bernardo Bueno

Simone Saueressig

Este espaço abriga o trabalho literário da escritora gaúcha Simone Saueressig. Aqui você encontra informações sobre seus livros e bibliografia além de informações sobre o ciclo da Terra da Magia, ou seja: A noite da grande magia branca, A Fortaleza de Cristal e aurum Domini – O ouro das Missões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *